Novo Pinheiros – ações de saneamento

Novo Pinheiros - ações de saneamentoO politécnico Edison Airoldi desenvolveu sua vida profissional na Sabesp. Funcionário da empresa desde 1983, atualmente ocupa, desde fevereiro deste ano, o cargo de assessor especial da presidência da Sabesp para o projeto Novo Pinheiros.

Com toda a experiência desenvolvida ao longo dos anos, Airoldi afirmou, em uma palestra online realizada pela AEP, que tem motivos para ficar otimista com o atual projeto voltado ao rio Pinheiros.

Além da parte técnica ser inovadora, com um projeto responsável e eficiente, os atuais contratos vêm sendo cumpridos e as obras entregues dentro do prazo. Ainda tem muito trabalho a ser feito e o desafio é grande, mas o engenheiro mostrou detalhes e metas do projeto, com as ações de saneamento avançadas.

Um breve retrospecto histórico mostrou como o crescimento rápido e desordenado foi prejudicial aos rios da cidade. Hoje a disponibilidade hídrica fica bem abaixo do ideal proposto pela ONU e a desigualdade social cria um cenário ainda mais complexo.

Devido ao problema de moradias irregulares ou em áreas de mananciais, o projeto Novo Pinheiros dá ênfase na captação de esgoto das residências, evitando que a poluição chegue aos afluentes e desemboque no rio. Durante a apresentação, Airoldi exibiu vídeos com líderes comunitários relatando a melhora das condições de saneamento com a troca e manutenção da rede de encanamento. Além de ser uma ação vital para o rio Pinheiros, o projeto traz mais qualidade para a vida das comunidades.

Com trabalhos integrados em toda a RMSP – região metropolitana de São Paulo – o projeto visa deixar o rio sem odor e limpo. A meta é de uma taxa de oxigênio dissolvido acima de 2 mg/L.

Para atingir esse objetivo as obras não se restringem às comunidades afastadas. Na avenida Faria Lima e na região central da cidade muitas obras são realizadas dia e noite, para garantir a eficiência de um projeto ambicioso, mas indispensável.

Além da coleta de esgoto, Airoldi afirma que a coleta de lixo, as ações de desassoreamento e a revitalização das margens serão fundamentais para o sucesso do projeto Novo Pinheiros, que futuramente pode ser expandido.

A velocidade que o projeto tem se desenvolvido e a entrega das obras dentro do cronograma, mesmo durante a pandemia, são fatores que reforçam a seriedade do projeto, que deve resultar em um rio Pinheiros mais integrado com a cidade de São Paulo.

 

Deixe uma resposta

Não se preocupe, seu email não será publicado.

*