Raúl González Lima é homenageado como Professor do Ano – 2020

Raúl González LimaRaúl González Lima foi homenageado como “Professor do Ano – 2020”. O evento, realizado pela AEP desde a década de 1970, reverencia a importância dos docentes da Escola Politécnica, que contribuem com a excelência de ensino da Poli.

O profundo conhecimento e domínio da engenharia por parte do homenageado foram aspectos ressaltados pelos participantes do evento, mas a generosidade e solidariedade foram características pessoais lembradas constantemente, além de serem marcas notadas nos projetos desenvolvidos por Raúl González Lima.

Neste ano, devido à pandemia, o evento foi virtual e realizado no Dia do Professor, reforçando a simbologia da data. Segundo o eng. Dario Gramorelli, diretor da AEP, “nunca ciência e saber foram tão importantes como nos momentos atuais”.

Desta forma Raúl González Lima representou a classe de docentes e pesquisadores, não só por ter sido escolhido como Professor do Ano, mas também por seu intenso trabalho no projeto Inspire, o respirador mecânico de baixo custo, desenvolvido para o tratamento das vítimas de Covid-19.

A Escola Politécnica foi representada no evento através da atual diretora, profª Liedi Bernucci, e do vice-diretor, prof. Reinaldo Giudici, que foi colega de Raúl González Lima em seu primeiro ano de graduação. Segundo Giudici, “a Escola Politécnica se orgulha em ter o prof. Raúl em seu quadro” e destacou que o Inspire fez com que a importância da universidade fosse destacada para solucionar os problemas da sociedade.

O orador do evento foi o prof. Celso Pupo Pesce, que cultiva com o homenageado uma amizade que nasceu na Poli e já dura 33 anos. Para Pesce, “Raúl não é apenas um cientista que atua em métodos matemáticos e computacionais, ele vai ao laboratório e faz experiências.”

Aos poucos as experiências se aproximaram da biomedicina. Raúl González Lima já fez diversas parcerias com as faculdades de odontologia, medicina e veterinária para o desenvolvimento de próteses, tomógrafos de impedância e diversos equipamentos voltados para as necessidades hospitalares.

Depois do discurso do orador a AEP preparou uma sequência de depoimentos de ex-alunos, amigos e familiares. Os ex-alunos homenagearam o mestre com um poema de Khalil Gibran. Os amigos ressaltaram a generosidade, mesmo em um ambiente muitas vezes competitivos. E o lado afetivo do prof. Raúl González Lima foi lembrado pelos familiares.

Emocionado, o engenheiro e professor – que também é faixa preta em taekwondo, montanhista e canoísta, sem abrir mão de construir a própria barraca e os caiaques – fez seu discurso ao lado da mulher, Liane Padovese.

Ex-aluno do colégio Santo Américo, Raúl González Lima lembrou da influência dos monges, que focavam a vida nas relações, antes de afirmar que “a Poli é viagem de ida, não volta.” Ao falar sobre alguns projetos desenvolvidos ao longo da carreira, o homenageado expôs muitas dificuldades, inerentes aos projetos complexos, e mostrou o encanto de um pesquisador diante de cada descoberta junto aos alunos e mestres.

O professor homenageado lembrou do início da pandemia, quando a diretora da Poli, profª Liedi Bernucci, pediu para que os docentes atuassem para ajudar a sociedade. Segundo Raúl González Lima, um dos coordenadores do desenvolvimento do respirador mecânico, através do Inspire “a vocação da engenharia ficou visível para muitos”.

Boa parte do desenvolvimento do Inspire foi realizada em conjunto com o prof. Marcelo Zuffo, coordenador do conselho da AEP, que encerrou o evento parabenizando o amigo homenageado e destacando uma crise de consciência de Raúl González Lima, por ter que ficar muito tempo longe da família devido ao intenso trabalho para desenvolver o Inspire em poucos meses.

A AEP parabeniza mais uma vez o engenheiro Raúl González Lima, que entra para o seleto grupo de professores homenageados pela Associação dos Engenheiros Politécnicos.

 

Deixe uma resposta

Não se preocupe, seu email não será publicado.

*